Carnaval é marcado pela alegria e diversão dos foliões

O Carnaval Ocidental 2017 foi marcado pela alegria e tranquilidade. Durante os três dias de evento, realizado na Feira Central, passaram pelo local aproximadamente 3 mil foliões, entre crianças, jovens e adultos

A festa contou com a animação de DJs e a participação do Bloco das Piranhas e Bloco Vai Quem Quer. A Prefeitura Municipal de Cidade Ocidental apoiou a realização do Carnaval da cidade.

Mesmo com a chuva, os foliões pularam o Carnaval com bastante entusiasmo. De domingo a terça-feira não ocorreu nenhum tipo de incidente. A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) e a Guarda Civil Municipal (GCM) fizeram a segurança ostensiva do local. De acordo com o balanço da PMGO, não houve nenhum tipo de ocorrência e o evento ocorreu com paz e tranquilidade.

No primeiro dia de folia cerca de 500 pessoas passaram pela Feira Central. O público contou com muitas famílias, por conta da matinê infantil. Quem levou a garotada gostou da diversão. Moradora de Cidade Ocidental, Maiana Santos levou os filhos para pular Carnaval no domingo e na terça-feira. “Achei essa festa muito legal, organizada e segura. É a primeira vez que tem um Carnaval em Cidade Ocidental realmente voltado para a diversão das crianças e das famílias, sem brigas ou desorganização”, avaliou.

Simone Pereira, moradora do bairro Mesquita, elogiou o Carnaval Ocidental. “A Prefeitura está de parabéns por proporcionar uma festa tão interessante para o povo de Cidade Ocidental. Achei uma excelente iniciativa, pois é uma diversão não só para mim, mas para meus filhos. Sempre tive medo de ser assaltada em festas muito grandes, mas aqui estou me sentindo segura, pois tem a PM e a Guarda Municipal fazendo a segurança”, afirmou. Simone foi com toda a família.

No segundo dia de festa a movimentação no “caldeirão da folia” foi menor, passaram pela festa cerca de 100 pessoas. No entanto, na terça-feira de Carnaval, último dia de folia, cerca de 2 mil pessoas passaram pela Feira Central. Os foliões do Bloco Vai Quem Quer se concentraram na SQ 19 e seguiram até o “caldeirão da folia”, chegando no local por volta das 21h, onde fizeram uma grande festa, regida por marchinhas carnavalescas, frevo e axé.

Incentivo à cultura – Para Pedro Moraes, mais conhecido como Pedrão, o Carnaval Ocidental 2017 mostrou que é possível fazer festa todos os anos e resgatar a cultura do município. “Haviam anos que a Prefeitura não apoiava nenhum tipo de evento cultural na cidade. Essa nova gestão está dando abertura para o lazer e a diversão do povo ocidentalense. Essa festa foi bem organizada e com segurança, um evento para crianças, jovens, adultos e idosos”, explicou. Pedrão é organizador do Carnaval de Cidade Ocidental há mais de 25 anos e conta que há muitos anos a festa não recebia apoio da Prefeitura.

Durante todos os dias de Carnaval, o som foi desligado às 00h. Na opinião da moradora Nilze Ribeiro, o Carnaval Ocidental é uma boa iniciativa para incentivar os moradores a ficar na cidade. Além disso, ela acredita que se no próximo ano a festa for realizada na orla do lago, com certeza atrairá mais foliões.
Google Plus

Por Paulo Melo

Cidade Ocidental . net