Secretários municipais de educação participam de capacitação

A capacitação de secretários municipais de Educação, promovida na última quinta-feira (20) em Goiânia, contou com a secretária de Educação, Cultura e Esporte de Goiás, Raquel Teixeira, que abriu o encontro e reforçou que juntos é possível alavancar o desenvolvimento da Educação Infantil

Secretários municipais de educação participam de capacitação
O curso para 24 secretários – dos 24 municípios com maiores déficits de Educação Infantil – está inserido nos dois projetos da Seduce incluídos no GMCI: o Goiás Parceiro da Educação Infantil – Primeiros Passos e Parceiro do Ensino em Goiás (PEG). Entre os objetivos do curso estão a identificação dos desafios de cada cidade, promoção da gestão estratégica para resultados e o estímulo de toda a rede para melhorar a educação pública de Goiás.

Durante a abertura da capacitação, Raquel Teixeira lembrou que a Educação Infantil é basicamente uma atribuição dos municípios, mas o Estado busca a união de esforços e a articulação de recursos, a fim de melhorar a qualidade de vida da população. “Estamos propondo aos municípios ações e soluções pedagógicas, de infraestrutura e de manutenção e custeio. Estamos finalizando uma proposta ao Ministério da Educação para que, de formas alternativas, garanta a oferta da Educação Infantil, porque uma criança na creche custa R$ 2.503 por mês, mas os municípios só recebem R$ 251 do Fundeb”, explicou.

Segundo o secretário de Educação de Cidade Ocidental Anderson Luciano, participar desses encontros é de grande importância para a melhoria do ensino público do município.

Protocolo Geral de Intenções
Formalizada no dia 16 de março, o governador Marconi Perillo firmou com os prefeitos o Protocolo Geral de Intenções com o objetivo de estabelecer as condições gerais de cooperação entre Estado e municípios para promover a competitividade.
As secretarias de Gestão e Planejamento de Goiás (Segplan) e de Desenvolvimento coordenam o projeto que visa a redução da mortalidade infantil e do déficit habitacional; ampliar o acesso à atenção básica de qualidade; promover acesso à educação infantil; elevar a qualidade do aprendizado e diminuir a incidência de crimes contra a vida.

Municípios prioritários
Os municípios prioritários são: Goiás, Itaberaí, Aparecida de Goiânia, Goiânia, Senador Canedo, Trindade, São Luís de Montes Belos, Águas Lindas de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Formosa, Planaltina, Anápolis, Niquelândia, Goianésia, Itumbiara, Jataí, Mineiros, Rio Verde, Caldas Novas, Catalão, Posse, Cidade Ocidental, Novo Gama e Valparaíso de Goiás.

Fonte: Jornal Ocidental
Google Plus

Por Paulo Melo

Cidade Ocidental . net

0 comentários:

Postar um comentário