Privatizada, Celg faz cobrança indevida em conta de aposentado

Depois da privatização orquestrada pelo governador Marconi Perillo (PSDB), o serviço da Celg, que já era ruim, ficou ainda pior. Nesta segunda-feira (17), o jornal O Popular traz a história do aposentado Gilmar Teixeira de Lima, que foi cobrado por religação indevida que não fez em R$ 252,19 pela empresa



Não houve a compensação em débito na conta corrente de Gilmar da fatura de abril deste ano. Por isso, a Celg cortou a energia do apartamento onde o aposentado mora e, mais do que isso, o acusou de fazer uma ligação indevida, o popular gato, para religar a energia.

Gilmar nega que a energia tenha sido cortado e que ele tenha feito o gato. “Não sei nem onde fica o relógio da minha residência”, afirmou ele ao Popular.

O aposentando procurou a Celg para resolver a situação, mas a empresa, sem se importar com a população, se omitiu. Nem o Procon resolveu. “Nem queixa registrei. Me falaram que iam receber a mesma resposta e que eu deveria acionar a Justiça”, contou.
Google Plus

Por Paulo Melo

Cidade Ocidental . net

0 comentários:

Postar um comentário